quarta-feira, 21 de abril de 2010

A Valkíria

        Eu sei que fiquei muito tempo sem escrever, foi mal, mais hoje é o meu aniversário de 16 anos(depois falo mais) e ontem eu recebi uma coisa muito linda! Era um poema (desculpe mais fico muito sentimental com presentes feitos especialmente para mim!).
        A história é o seguinte: O meu querido amigo L.(não sei se ele me autoriza a escrever o seu nome) me perguntou o que eu queria de presente. Eu respondi que queria um beijo e um abraço. Ele disse que queria me comprar um livro. Eu protestei e eu acabei ganhando de aniversário um beijo, um abraço e um poema feito por ele.
O poema segue
 A Valkíria

As Valquírias de outrora
Sete guerreiras imortais
Apareciam depois de batalhas
Para buscar as almas dos mortais

Mas não buscavam a todas
Apenas as dos melhores guerreiros
Que levavam ao palácio dos deuses
Assim, de janeiro a janeiro

Tu es a oitava Valkíria
E escolhe como as outras sete
Os melhores dentre os melhores
Tua amizade lhes promete

Mas comigo não foi só isso
Aqui houve uma inversão
Desta vez também te levo
Para dentro do meu coração
Escrito por Luciano
( o que eu posso dizer fora A-M-E-I!!!!!!!!!!)


Um comentário: